2: 3: 5: 6: 7: 8:

sábado, 22 de julho de 2017

Kathrine Switzer: a maratonista que mudou o mundo da corrida para as mulheres em 1967

Kathrine desafiou as regras quando tornou-se a primeira mulher a correr uma maratona, uma prova, até então, exclusiva para homens. Ela entrou na prova com o nome de KV Switzer e cruzou a linha de partida com o número 261 como um corredor do sexo masculino.


Durante o percurso, um dos integrantes da organização tentou pegar o número dela à força e ao mesmo tempo tentou empurrá-la para fora da corrida, enquanto dizia: "saia já da minha corrida e me dê esse número!".

O namorado de Katherine e outros corredores que a acompanhavam trataram de expulsar o juiz e a escoltaram durante o resto do percurso.

"Tudo ficou silencioso, ninguém dizia nada, e eu olhei para meu treinador e disse: vou terminar essa corrida nem que seja com minhas mãos e joelhos", lembra Katherine.

"Se eu não acabar essa corrida, vão dizer que as mulheres não são capazes, sou obrigada a acabar essa corrida", recorda.

E Kathrine, vencendo todas as dificuldades, conseguiu sim terminar a maratona, com um tempo de 4 horas e 20 minutos.

Achou algum erro na matéria ou deseja complementar? Deixe seu comentário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário