quarta-feira, 11 de julho de 2018

O Genocídio de Srebrenica

O Massacre de Srebrenica é considerado por várias autoridades ocidentais e grupos de Direitos Humanos como o pior crime de guerra ocorrido na Europa desde a Segunda Guerra Mundial, vez que o número de vítimas civis é superior 8.000 pessoas, a maioria de homens e meninos bósnios muçulmanos.
Garoto posa para foto nas ruas de Srebrenica com seu instrumento musical | Autor desconhecido
O Massacre Na tarde de 10 de julho de 1995, soldados do exército sérvio da Bósnia iniciaram um ataque a Srebrenica, “cidade refúgio” criada pela Organização das Nações Unidas. Um oficial da ONU no local enviou uma mensagem desesperada a sede da ONU em Genebra:

“Urgente! Urgente! Urgente! O Exército Sérvio da Bósnia está entrando na cidade de Srebrenica. Será que alguém pode parar isso imediatamente e salvar essas pessoas? Milhares deles (soldados) estão se reunindo ao redor do hospital. Por favor, ajudem.”

sábado, 7 de julho de 2018

A Revolta Paulista - Revolução de 1932

Em 9 de julho de 1932, São Paulo empunhou suas armas contra o Governo Provisório de Getúlio Vargas, dando início a três meses de guerra civil. O levante, que ficou conhecido como Revolução Constitucionalista ou Revolução de 1932, foi o maior conflito militar do século 20 no Brasil.

A REVOLUÇÃO DE 1930 PARTIDA AO MEIO
Longe de unir e pacificar o país, a Revolução de 1930 deu início a um processo de instabilidade política que teria como mais grave consequência, dois anos depois, a guerra civil desencadeada por São Paulo. A primeira divisão ocorreu dentro do próprio bloco de apoio ao Governo Provisório. Nascida em oposição ao governo do presidente Washington Luís, a Aliança Liberal conseguira a façanha de unir provisoriamente dois grupos com objetivos bem distintos, até mesmo adversários entre si.

quinta-feira, 21 de junho de 2018

A História de Kim Phuc

Menina de foto ganhadora do Pulitzer lembra consequências em sua vida. Ela chegou a ser usada pelo governo como 'modelo' contra o Ocidente.
Imagem icônica mostra menina vietnamita correndo nua após o bombardeio de sua vila. A fotografia foi feita em 8 de junho de 1972 | Foto Nick UT/AP
Na imagem, a menina vai ter sempre 9 anos de idade, gritando "Muito quente! Muito quente!" enquanto corre em desespero pela rua que sai de seu vilarejo no Vietnã. Nua após sofrer ferimentos de explosivo napalm em um bombardeio em 1972, ela vai para sempre ser uma vítima sem nome.

sábado, 16 de junho de 2018

Hoje não trabalhamos por que vamos ver Pelé

Grande era a euforia por parte dos mexicanos para verem o Rei Pelé durante a Copa do Mundo de 1970, realizada no México. A presença da Seleção Brasileira e de seu astro maior fez até mesmo os teatros da capital mexicana entrarem em “greve” e pararem suas atividades.