sábado, 14 de abril de 2018

Titanic 106 anos: 5 fotos impressionantes de quando seus destroços foram encontrados

Há quase 32 anos, os destroços do Titanic foram revelados ao mundo pela primeira vez com fotos impressionantes, que contam com detalhes os últimos minutos do navio.
Somente em 1985, aproximadamente a 21 quilômetros das coordenadas de localização enviadas pelo Titanic durante o naufrágio os destroços foram encontrados | Reprodução
A história do naufrágio do Titanic já se transformou em filmes, livros e blogs, mas ainda assim fascina pela grandiosidade e também pela demora em ser localizado no fundo do mar.

Naufragado em 14 de abril de 1912, matando mais de 1,5 mil pessoas, o luxuoso navio só foi descoberto no Atlântico no ano de 1985, após mais de sete décadas perdido no oceano.

Ao longo dos anos várias tentativas de encontrar os destroços foram estudadas, mas nenhuma delas saiu do papel por falta de tecnologia para alcançar os restos do navio, que estão situados a mais de quatro quilômetros de profundidade. Somente em 1º de setembro de 1985, aproximadamente a 21 quilômetros das coordenadas de localização enviadas pelo Titanic durante o naufrágio, os destroços foram encontrados.
Entre as descobertas da época está a confirmação do navio ter se partido ao meio durante o naufrágio, fato pouquíssimo relatado durante as investigações do acidente, e o excelente estado de conservação da proa da embarcação. Como o Titanic está em águas internacionais, sem jurisdição de nenhuma nação, a UNESCO declarou a área do naufrágio como "Proteção do Patrimônio Cultural Subaquático", em 2012, durante o centenário do acidente.

Infelizmente, devido ao tempo e as diversas expedições científicas e turísticas que visitam o Titanic, as condições dos destroços se deterioraram muito nos últimos tempos. A expectativa é que nos próximos 50 anos todo o navio se resuma numa gigantesca pilha de ferrugem. Neste período, as áreas que ainda estão conservadas irão desabar soterrando objetos, cabines ainda intactas e histórias não reveladas do mais famoso transatlântico do mundo.
O excelente estado de conservação da proa da embarcação surpreendeu os pesquisadores | Reprodução
Os motores do Titanic são uma das peças que resistiram ao tempo | Reprodução
As condições dos destroços se deterioraram muito nos últimos tempos | Reprodução
Banheira usada pelo Capitão do Titanic, Edward John Smith - Foto: Reprodução
A popa do navio desmoronou durante o impacto com o solo do oceano Atlântico | Reprodução

Créditos: Dennys Marcel

Nenhum comentário:

Postar um comentário